Correntes Oceânicas

O estudo das correntes oceânicas, também chamadas de correntes marítimas, é o foco da Oceanografia. Basicamente, o conceito de corrente oceânica diz respeito ao fluxo das águas nos oceanos do planeta, levando em conta a característica de cada corrente em diferentes regiões do mundo.

As correntes marítimas sofrem influência do movimento de rotação do planeta, das densidades e dos ventos. Dessa forma, elas se apresentam ordenadas ou não ordenadas. Os movimentos das correntes são variáveis e interferem em algumas condições importantes para o homem, como o clima, a pesca e a realidade da vida marinha.

Existem várias correntes oceânicas no planeta, como a Corrente das Malvinas, a Corrente Circumpolar Antártica, entre outras. A principal diferenciação entre as correntes é se elas estão em águas frias ou em águas aquecidas. Na prática, correntes localizadas em áreas tropicais do planeta são quentes, e correntes localizadas em regiões de zonas polares são frias.

É possível classificar as correntes marítimas em plantas oceanográficas, que demonstram com precisão onde ficam as correntes frias e as correntes quentes.


Entenda a diferença entre correntes oceânicas quentes e frias

Correntes Oceânicas Quentes – São formadas em áreas tropicais ou intertropicais, principalmente na região próxima à Linha do Equador. Elas fazem um movimento em direção às áreas polares do planeta.

Correntes Oceânicas Frias – São formadas em áreas polares do planeta e fazem um movimento em direção à área equatorial.

Correntes Oceânicas, correntes marítimas globais


Como entender as correntes oceânicas?

As correntes marítimas, como já mencionado, são fluxos de água nos oceanos que apresentam características específicas de acordo com a localização, além de deslocarem de forma contínua. Essas correntes têm variação de salinidade e de temperatura. Dessa forma, elas influenciam diretamente o clima do planeta.

As correntes oceânicas estão sempre circulando entre os hemisférios norte e sul, seguindo sentidos diferentes. Esse movimento também é importante para conservar o equilíbrio dos ecossistemas oceânicos, além de ser um importante fator de orientação para os pescadores.

As correntes quentes, originárias de faixas equatoriais, são mais rápidas no deslocamento, têm maior índice de evaporação e geram mais umidade. Entre essas correntes, destacam-se: as Correntes das Guianas, a Corrente do Golfo do México e a Corrente do Brasil.

Já as correntes frias, originárias de faixas polares, fazem o seu movimento de deslocamento de forma mais lenta, pois são mais densas, e têm índice de evaporação menor, gerando menos chuva e menos umidade. Entre essas correntes, destacam-se: a Corrente de Humboldt e a Corrente Circumpolar Antártica.

Leia também! Assuntos relevantes