Construtivismo


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Construtivismo

19/06/2011

ARTES PLÁSTICAS, CINEMA, TEATRO
Movimento das artes plásticas, do cinema e do teatro que ocorre basicamente na Rússia, com importante papel no apoio à Revolução Russa de 1917. Defende a arte funcional, que deve atender às necessidades do povo.

Desde 1913, o construtivismo insere-se no grupo das artes de vanguarda e revolucionárias lideradas pelo teórico russo e poeta futurista Vladímir Maiakóvski (1893-1930). Depois da revolução, essas manifestações artísticas são oficialmente sustentadas pelo governo de Lênin. Após sua morte, o construtivismo e as demais artes de vanguarda vêem-se reprimidas no país. A partir de então, inicia-se o realismo socialista.

No Brasil, as tendências construtivistas encontram ressonância no movimento concretista.


ARTES PLÁSTICAS
O construtivismo russo começa nas artes plásticas por iniciativa do pintor Vladímir Tatlin (1885-1953). Seu grupo divulga que a arte precisa dar a idéia de revolução em andamento. Ela deve fabricar objetos para o povo, e não apenas luxo para os ricos. A pintura e a escultura precisam ser funcionais, por isso aparecem muito ligadas à arquitetura. A escultura é a grande forma de expressão. Destacam-se os irmãos Antoine Pevsner (1886-1962) e Naum Gabo (1890-1977).


CINEMA
Os temas resumem-se às etapas da Revolução Russa e a seus ideais. O teórico e cineasta Serguei Eisenstein (1898-1948), diretor de A Greve (1924) e Outubro (1927), é o principal representante. Seus filmes pretendem induzir ao debate de idéias, e a montagem das cenas explora o contraste das imagens. Sua obra-prima, O Encouraçado Potemkin (1925), é uma homenagem aos 20 anos do levante popular russo de 1905, precursor da revolução.

Em 1921, o cineasta Dziga Vertov (1895-1954) funda o grupo Kinoglaz (cinema-olho), que produz documentários sobre o cotidiano com filmagens ao ar livre e cuidadosa montagem. Entre suas principais obras estão A Sexta Parte do Mundo (1926) e Um Homem com a Câmera (1929).


TEATRO
O construtivismo no teatro reúne o estilo de cenografia e encenação desenvolvido por Vsévolod Meyerhold (1874-1940) a partir dos anos 20. O texto tem menos importância que os elementos não-verbais, como a expressão corporal. Cenários elaborados por pintores invadem a área da platéia e quebram a perspectiva convencional. As cenas são despojadas, e no palco há apenas os elementos indispensáveis ao trabalho dos atores.


Fonte:
http://www.spiner.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=1301





Saiba mais

Buscas relacionadas a Construtivismo em Artes.

[ Pesquisa escolar lida 4701 Vezes - Categoria: Artes ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Artes Plásticas
As artes plásticas são compostas por uma série de elementos e produções artísticas, como esculturas, desenhos, pinturas, gravuras e colagens. Basicame...
Lido: 1237 Vezes

Abstracionismo
Tendência das artes plásticas desenvolvida no início do século XX na Alemanha. Surge com base nas experiências das vanguardas européias, que recusam a...
Lido: 12574 Vezes

Estão lendo agora:

Escravos
A condição de escravo identifica-se com o estado de dependên...
Lido às 17:11:43 - 23/04/2014
Complexo de Golgi
O complexo de golgi é um conjunto de vesículas e sáculos ach...
Lido às 17:11:42 - 23/04/2014
Aparelho Reprodutor Feminino e Masculino
Aparelho Reprodutor Feminino O aparelho reprodutor feminino...
Lido às 17:11:41 - 23/04/2014
Os Ácidos Nucléicos
Existem dois tipos básicos de ácidos nucléicos: O ÁCIDO ...
Lido às 17:11:39 - 23/04/2014
África
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. A África é o segun...
Lido às 17:11:38 - 23/04/2014
Organelas Citoplasmáticas
As Organelas Citoplasmáticas são estruturas que ficam no cit...
Lido às 17:11:38 - 23/04/2014

Sugestão de Busca Escolar

Sites

Encceja
Enem
SISU
Prouni
Paixão e Amor
Curiosidades
Relacionamento

Fale Conosco
Feed / RSS

Comunidade no Google +
Comunidade no Twitter


Novidades no seu e-mail

Estudantes Online
Sobre o Grupo Escolar

GrupoEscolar.com - Todos direitos reservados

Todo o conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado pelos estudantes.

Caso algum conteúdo infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos o mesmo.

As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade dos seus autores.

Somos apenas um veículo de comunicação e não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.