Constituição de 1891


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Constituição de 1891

A primeira Constituição Republicana foi promulgada em 24 de fevereiro de 1891, cujos dispositivos fundamentais consistiam:

* forma de governo: República;

* forma de Estado: adoção do federalismo, como queriam os cafeicultores do Partido Republicano Paulista;

* sistema de governo: presidencialismo;

* divisão dos poderes: que deveriam ter atuação harmônica e independente:
» Executivo: exercido pelo Presidente da República; nos estados exercido pelo Presidente de Estado (hoje, governador).

» Legislativo: exercido pelo Congresso Nacional (bicameral: Senado e Câmara dos Deputados - eleitos pelo voto direto); nos estados exercido pelas Assembléias Legislativas.

» Judiciário: o órgão principal é o Supremo Tribunal Federal, secundado por juízes e tribunais federais; nos estados era exercido pelos tribunais e juízes estaduais.

* Voto: para maiores de 21 anos, alfabetizados (mulheres, soldados, padres e mendigos não votam); o voto era aberto, isto é, o eleitor revela publicamente o seu voto (possibilitou o "voto de cabresto" usado pelos grandes fazendeiros).

* Disposições transitórias: o primeiro presidente seria eleito pelo voto indireto;

* 1º presidente: Marechal Deodoro da Fonseca; vice-presidente: Marechal Floriano Peixoto.


Fonte:
http://leandrobrito.br.tripod.com/constituicao.htm





Saiba mais

Buscas relacionadas a Constituição de 1891 em História.


[ Pesquisa escolar lida 11432 Vezes - Categoria: História ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Folclore - Etnias - Comidas Típicas - Regiões Brasileiras
BRASIL – REGIÃO GEOGRÁFICA - CULTURAL NORTE A Amazônia é o coração da região Norte. Fascina a todos pela sua floresta, bacia hidrográfica, fauna e...
Lido: 288825 Vezes

Romantismo no Brasil
O romantismo foi marcado pelo nacionalismo e o sentimentalismo. No Brasil, o Romantismo surgiu no momento em que a colônia seguia para a independên...
Lido: 2111 Vezes

Neoclassicismo no Brasil
O neoclassicismo foi trazido ao Brasil pela corte portuguesa em 1808. O neoclassicismo chegou ao Brasil graças à corte portuguesa por volta de 1808...
Lido: 6138 Vezes

História do Brasil - Pedro Álvares Cabral
Pedro Alvares Cabral chega ao Brasil Em 1500, o rei de Portugal D. Manuel, organizou uma poderosa esquadra com dez naus, duas caravelas e 1.500 homen...
Lido: 19246 Vezes

A Corte Portuguesa no Brasil
Para contar a história da Corte Portuguesa no Brasil, precisamos voltar até as brigas entre França e Inglaterra. Afinal, o que é que Portugal e mai...
Lido: 67295 Vezes

História do Petróleo Brasileiro
O Petróleo, chamado de Ouro Preto, tem uma história recente no Brasil. Em1858, José de Barros Pimentel ganhou o direito de extrair betume em terrenos ...
Lido: 6702 Vezes

História do Movimento Anarquista no Brasil
Com 8.511.965 km² e uma população de cerca de 160 milhões de habitantes, "encontrado pelos navegadores portugueses em 1500", colonizado à força de chi...
Lido: 7665 Vezes

Aspectos sociais e econômicos do Brasil
O Brasil ainda precisa avançar muito em aspectos sociais e econômicos e, para isso, o governo aposta em programas de transferência de renda. O Bras...
Lido: 25337 Vezes

Principais patrimônios culturais brasileiros
A Unesco – Agência das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, define patrimônio cultural como qualquer lugar que apresente fundamental ...
Lido: 3409 Vezes

Literatura no Brasil
As primeiras manifestações das letras no Brasil colonial são textos informativos, que visam a conquista do território e a expansão da fé católica. Dep...
Lido: 16460 Vezes

Sugestão de Busca Escolar

Sites

Encceja
Enem
SISU
Prouni
Paixão e Amor
Curiosidades
Relacionamento

Fale Conosco
Feed / RSS

Comunidade no Google +
Comunidade no Twitter


Novidades no seu e-mail

Estudantes Online
Sobre o Grupo Escolar

GrupoEscolar.com - Todos direitos reservados

Todo o conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado pelos estudantes.

Caso algum conteúdo infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos o mesmo.

As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade dos seus autores.

Somos apenas um veículo de comunicação e não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.