Conceito de Alergia

Conceito de Alergia

Por

A alergia pode ser considerada uma resposta muito grande do sistema imunológico do organismo a uma substância estranha. É uma hipersensibilidade imunológica a um estímulo externo específico.

Quando o organismo exerce contato com o agente alérgico, a imunoglobina E exerce o seu papel. Ela é liberada na circulação sanguínea, percorre o organismo, depara-se com o agente agressor e promove a liberação de histamina. A histamina é responsável pelos sintomas alérgicos.

Os sintomas mais comuns são: espirros, nariz obstruído, coriza, tosse, prurido nos olhos, nariz, garganta e em outras partes do corpo, erupções cutâneas, urticárias, edema nos lábios, conjuntivite, faringite, sinusite e otite alérgicas, e falta de ar.

O tratamento da alergia ocorre em dois casos: na fase aguda ou na fase crônica.

Na fase aguda é feita a intervenção de urgência com anti-histamínicos e corticóides por via venosa ou intramuscular. Em caso de alergia respiratória, é necessário introduzir o medicamento pela nebulização. O medicamento utilizado nesses casos depende da necessidade de cada paciente.

Na fase crônica, que ocorre após o término da fase aguda, o tratamento se chama dessensibilização. Ela é uma forma de imunoterapia. Isso pode diminuir a sensibilidade ou até mesmo acabar com a hipersensibilidade ao fator alérgico.

É importante saber que a alergia pode matar. É necessário que cada pessoa tenha o conhecimento de qual fator externo pode lhe causar alergia para evitar contato com a substância.

Juliana Miranda - Equipe do GrupoEscolar.com

Leia também! Assuntos relevantes