Comunismo Resumo

Por

O comunismo é uma ideologia política e social. Segundo a essência do comunismo, a sociedade deve viver a total abolição da propriedade privada. Dessa forma, os homens colocariam fim à luta de classes e às desigualdades sociais.

O comunismo prega a construção de um regime político e econômico que seja norteado pela igualdade e justiça social. O comunismo surgiu com os filósofos alemães Karl Marx e Friedrich Engels. Eles fizeram as primeiras formulações teóricas e doutrinárias do comunismo.

Entretanto, os ideais comunistas já eram discutidos na Antiguidade Clássica, na Idade Média e na Idade Moderna. A ideologia comunista esteve em constante evolução e reformulação ao longo dos anos.

Na Antiguidade, os ideais comunistas surgiram do pensamento do filósofo grego Platão, que viveu em 428 a.C. Platão escreveu o livro "A República", onde estabeleceu um modelo ideal de sociedade, com o fim da propriedade privada e da família.

Entre os séculos XII e XV, os ideais comunistas começaram a ser vinculados ao cristianismo primitivo. Alguns religiosos iniciaram a discussão sobre o fim da propriedade privada em suas pregações. Nesse período, se destacaram as figuras do abade Joaquim de Fiore, do franciscano frei Dolcino e do protestante Thomas Munzer.

Durante os anos, o comunismo foi muito perseguido e vários trabalhadores foram presos sob a acusação de serem comunistas. No Brasil, as ideias comunistas estiveram muito presentes nas revoluções trabalhistas, principalmente na década de 1930, quando o país viveu a Revolução do Bloco Operário Camponês e a Intentona Comunista.

O Partido Comunista Brasileiro foi fundado em 25 de março de 1922.

Leia também! Assuntos relevantes