Cancro Mole

Por

O cancro mole é uma doença sexualmente transmissível, causada pela bactéria Haemophilus ducreyi. Esta doença tem o contágio pelo contato sexual vaginal, anal e oral. A transmissão acontece com mais frequência em países tropicais.

A doença é consequência do sexo desprotegido com uma pessoa contaminada pela bactéria. Pesquisas já demonstraram que o risco de infecção do cancro mole chega a 80% em relações sexuais sem camisinha.

Depois da transmissão da bactéria ocorre um período de incubação de 3 a 5 dias. O uso do preservativo é a melhor forma de prevenção contra o cancro mole.

As pessoas contaminadas apresentam sintomas como dor de cabeça, febre, fraqueza e feridas com pus nos órgãos genitais. Caso a doença não seja tratada, estas feridas podem aumentar progressivamente e dar origem a outros tipos de lesões.

Outro sintoma comum do cancro mole é o surgimento de um caroço doloroso e avermelhado na região da virilha. Esta íngua dificulta os movimentos e pode soltar uma secreção.

Nos homens, as feridas do cancro mole costumam aparecem na cabeça do pênis (glande). Já na mulher, elas aparecem na vagina ou no ânus.

O tratamento da doença deve ser feito com o acompanhamento de um médico. A medicação recomendada é o antibiótico, que deve ser prescrito pelo profissional de saúde.

Leia também! Assuntos relevantes