Câncer de mama

Câncer de mama

Por

O câncer de mama é o tipo mais comum de câncer entre mulheres acima dos 35 anos. Quando detectado e tratado no início, são boas as chances de cura. As taxas de mortalidade por câncer de mama são bastante elevadas no Brasil, fato atribuído a um diagnóstico tardio e falta de informação.

O excesso de peso é um fator que favorece o surgimento da doença, por isso recomenda-se alimentação equilibrada e prática regular de exercícios físicos. Alcoolismo e tagabismo também são fatores de risco.

O autoexame das mamas é um bom modo de prevenção, pois aumenta as chances de um diagnóstico precoce, aumentando consequentemente a probabilidade de cura. No entanto, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) não defende o uso do autoexame como único método de prevenção, tal prática deve estar alinhada a ações educativas de conhecimento do próprio corpo e em caso de suspeita um médico deverá fazer o exame de toque.

Os sintomas são alterações no aspecto da pele dos seios e do mamilo, secreções, nódulos e dor.

O exame clínico e a mamografia (radiografia da mama) devem ser aplicados regularmente em mulheres acima dos 35 anos, sobretudo se houver predisposição genética.

Em casos graves, com diagnóstico tardio, é comum a remoção da mama e implantação de prótese.

Leia também! Assuntos relevantes