Câncer de estômago

Câncer de estômago

Por

Também chamado de câncer gástrico esse tipo de câncer se caracteriza pela presença de tumores no estômago. Pode se manifestar de três formas: adenocarcinoma, linfoma ou leiomiossarcoma.

Homens acima dos 70 anos são a população mais atingida pelo câncer de estômago. Seguir uma dieta equilibrada é fundamental na prevenção dessa enfermidade. Conforme explicado no site do Instituto do Câncer (INCA),o Ácido ascórbico (vitamina C) e o betacaroteno presentes em frutas e verduras frescas, funcionam como protetores, pois evitam que os nitritos (conservantes contidos em alimentos industrializados) transformem-se em nitrosaminas.

Outros fatores de risco são: alcoolismo, tabagismo e ingestão de água oriunda de poços com alto índice de nitrito. Doenças pré-existentes também podem ser relacionadas ao desenvolvimentos de tumores gástricos, como anemia perniciosa, gastrite atrófica e infecções pela bactéria Helicobacter pylori (H. pylori).

Perda rápida de peso, falta de apetite, cansaço, náuseas e desconforto abdominal, são sintomas que merecem atenção. Em seu estágio avançado, a doença provoca aumento do tamanho do fígado e aparecimento de nódulos ao redor do umbigo.

A endoscopia digestiva alta e o exame radiológico contrastado do estômago são os métodos mais eficientes para se alcançar o diagnóstico. Tais exames permitem avaliar os danos causados à parede gástrica e verificar o grau de propagação das células cancerosas.

Leia também! Assuntos relevantes