Bruxismo (Saúde Bucal)

Bruxismo (Saúde Bucal)

O bruxismo é um problema funcional que afeta uma parcela considerável da população mundial. Essa desordem de saúde bucal está relacionada ao ranger dos dentes durante o sono.

Normalmente, as pessoas que apresentam bruxismo acordam com dores de cabeça e na mandíbula por causa da força feita durante a noite. Segundo especialistas, o problema pode se desenvolver por uma série de motivos, dentre os quais estão: ansiedade, estresse, frustrações, problemas de alinhamento dos dentes, apneia do sono, dores de ouvido ou de dente, entre outros fatores.

O bruxismo pode se manifestar em todas as faixas etárias, inclusive nas crianças. A doença é identificada quando fica comprovado que o paciente tem o hábito de ranger ou apertar os dentes enquanto dorme. As pessoas que sofrem desse problema, quase sempre, não percebem, e ficam sem entender por que acordam com dores na face.

Com o tempo, o bruxismo pode levar os dentes a ficarem moles e desgastados. Por isso, a busca por um tratamento é indispensável.


Danos causados pelo bruxismo

O bruxismo pode ocasionar a destruição do osso circunvizinho e também do tecido da gengiva. Além disso, a doença provoca danos à articulação da mandíbula.

Como esta é uma condição inconsciente, as pessoas costumam demorar a buscar ajuda. Na maioria dos casos, um parente precisa escutar o som do ranger de dentes do paciente para alertá-lo sobre o problema.

O bruxismo pode ser diagnosticado durante um exame dental de rotina, quando o dentista consegue visualizar desgastes nos dentes.


Sinais do bruxismo

Sintomas frequentes como dor na face, na cabeça e no pescoço podem indicar o bruxismo. Se você acorda nestas condições, procure um dentista para avaliar o caso.


Leia também:
O que causa sensibilidade nos dentes?


Tratamento do bruxismo

Se confirmado o diagnóstico de bruxismo, o tratamento pode ser feito com o uso diário de uma placa ajustada aos dentes para dormir e com mudanças na rotina, evitando situações de estresse e buscando atividades relaxantes.

Existem algumas medidas preventivas que também podem ajudar a minimizar o problema, como utilizar uma toalha morna e molhada sobre o rosto antes de dormir, para promover o relaxamento dos músculos da face. Outro fator importante para contornar a doença é buscar com o dentista tratamentos que possam corrigir a mordida, como o uso de aparelhos ortodônticos ou a realização de restaurações.

Em caso de dúvidas, agende uma consulta com o seu dentista de confiança, que poderá indicar o tratamento mais adequado para cada caso.

Leia também! Assuntos relevantes