Autismo

Por

O autismo é uma doença que começa a ficar evidente nos três primeiros anos de vida da criança. É exatamente nessa fase que os neurônios que cordenam a comunicação e os relacionamentos humanos formam suas principais conexões.

O autismo é caracterizado como um transtorno incurável, que demora para ser reconhecido e que afeta o aprendizado das crianças. Pela ineficiência do sistema de saúde, no Brasil o autismo só é identificado quando a criança já tem entre 5 e 7 anos.

A criança com autismo apresenta algumas deficiências de relacionamento e desenvolvimento. A doença é marcada pela dificuldade de interagir socialmente, dificuldade de dominar a linguagem e por um padrão de comportamento repetitivo.

O tratamento para a criança com autismo deve ser multidisciplinar, com pedagogos, médicos e psicológos. Infelizmente, no Brasil o acesso a esse tipo de tratamento é muito difícil, principalmente na rede pública de saúde, situação que causa muito sofrimento para as famílias.

Os primeiros sinais que podem indicar que uma criança tem autismo são: a criança não responde ao ser chamada pelo nome, a criança parece ter algum problema auditivo e a criança se isola do convívio social.

O autismo é uma doença que apresenta vários graus de comprometimento e intensidade. A doença pode se manifestar de uma forma mais leve, quando não há o compromentimento da fala e da inteligência; ou pode se manifestar de uma forma mais agressiva, quando o paciente se torna incapaz de manter qualquer tipo de contato com outras pessoas, ou apresenta padrão de comportamento agressivo e retardo mental.

O autismo tem múltiplas causas e pode estar relacionado a fatores genéticos e biológicos. Esse distúrbio crônico requer que cada paciente seja acompanhamento individualmente por uma equipe multidisciplinar. O diagnóstico precoce da doença contribui para garantir o bom desenvolvimento do paciente.