Aterro Sanitário

O aterro sanitário é um ambiente criado para receber o depósito de resíduos sólidos urbanos. Esse tipo de espaço precisa seguir determinações ambientais e normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

A técnica do aterro sanitário consiste na disposição dos resíduos sólidos urbanos diretamente no solo. A estratégia é definida de forma que não prejudique a saúde pública e o meio ambiente.

A ideia de um aterro sanitário é sempre minimizar os impactos ambientais. Por isso, a área emprega princípios de engenharia e mantém os resíduos concentrados em um espaço delimitado e reduzido. O lixo descartado no aterro é coberto por camadas de terra.


Que tipo de lixo vai para o aterro sanitário?

Todos os lixos e resíduos sólidos domésticos vão para o aterro sanitário. Além disso, o espaço também recebe o lixo das empresas, escolas, repartições públicas e de todos os demais ambientes e atividades humanas. A ideia é manter o lixo no local para que ele possa passar por um processo de decomposição.

O ideal é que o lixo reciclável não seja enviado para o aterro, mas sim para uma cooperativa de reciclagem. Metais, componentes eletrônicos e outros compostos tóxicos também precisam de destinação adequada.


O que acontece no aterro sanitário?

No aterro sanitário, os resíduos sólidos gerados pela atividade humana são depositados e cobertos por camadas de terra para evitar o mau cheiro. É importante que o aterro conte com um sistema de drenagem de chorume, a fim de evitar vazamentos e contaminações ambientais, principalmente dos lençóis freáticos.

A engenharia do aterro sanitário também prevê um sistema de drenagem de águas pluviais, para evitar infiltrações da água da chuva. É comum no Brasil utilizar uma camada de argila compactada para esta finalidade.

Além disso, todo aterro tem um sistema de monitoramento ambiental. Em cidades com mais de 30 mil habitantes, também são exigidos um muro limítrofe, uma guarita e um sistema de controle de entrada de resíduos.

Todos os aterros sanitários possuem um limite de capacidade para armazenagem de resíduos. Esse limite precisa ser respeitado.

Aterro Sanitário Funcionamento

No Brasil, a lei determina que os aterros sejam construídos a, pelo menos, 200 metros de distância de um curso de água. Também é fundamental que o aterro tenha acesso restrito, para evitar que a população chegue ao local.

Os gases que são liberados pelos aterros podem ser usados como combustíveis.


Consciência ambiental

Vale ressaltar que a consciência ambiental da população é uma forma de prolongar a vida útil dos aterros e evitar que novas áreas tenham que ser destinadas ao depósito de lixo. Essa consciência inclui o consumo responsável de produtos e a diminuição da geração de lixo. Compre apenas o que for essencial!

Leia também! Assuntos relevantes