As Religiões do Nordeste

As Religiões do Nordeste

Por

A cultura nordestina é marcada por diversas manifestações religiosas que sofreram grande influência dos indígenas, africanos e europeus. A religião do nordeste é majoritariamente a católica, mas também há um espaço importante na região para outras religiões, como a fé Evangélica, o Candomblé e a Umbanda.

No segmento católico, o nordeste brasileiro tem diversas figuras emblemáticas, como o Padre Cícero, o Frei Damião, a Irmã Dulce, o Padre Ibiapina e Maria de Araújo. Todas essas pessoas deixaram um legado de bondade e amor e, por isso, recebem peregrinações de romeiros todos os anos.

Em Salvador, na Bahia, todo mês de janeiro é marcado pela lavagem do Bonfim, uma tradicional celebração religiosa que conta com a lavagem das escadarias da Igreja do Nosso Senhor do Bonfim.

Nas manifestações do candomblé, o nordeste tem vários rituais de homenagem à Iemanjá, considerada a deusa do mar. No Maranhão, uma manifestação religiosa famosa é o Tambor de Mina, uma herança da religião africana.

O nordeste tem uma forte ligação com orixás, caboclos e pais de santo. Estudos sociais e culturais demonstram que o nordeste brasileiro é um dos lugares com maior diversidade religiosa do país.

Em Salvador, na Bahia, é comum ouvir que a cidade tem uma igreja para ser visitada a cada dia do ano. São mais de 300 igrejas históricas abertas para a visitação dos turistas, como a Igreja de São Francisco, a Igreja dos Rosários dos Pretos e a Catedral Basílica de Salvador.

Salvador também tem muitos terreiros e espaços dedicados à Umbanda e ao Candomblé. Um dos terreiros mais importantes do país é a Casa Branca do Engenho Velho, em Salvador, considerado Patrimônio Histórico do Brasil.

Leia também! Assuntos relevantes