As Potências Emergentes

As Potências Emergentes

Por

A sigla Brics faz referência aos países emergentes, considerados como possíveis potências econômicas do futuro. Entre essas nações estão Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Esse grupo tem ganhado cada vez mais relevância na área econômica nos últimos anos, sendo considerado estratégico nas principais discussões políticas do mundo.

O conceito de potência emergente está associado aos países que apresentam uma crescente influência econômica e política no mundo, aumentando muito sua participação e atuação nas questões mundiais. Os países emergentes estão em evidência no cenário internacional por seus recursos naturais, sua atuação política e sua estabilidade econômica.

Outros países que também estão sendo considerados emergentes são Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Coreia do Sul, Indonésia, México e Turquia. A sigla Bric surgiu em 2001, criada por pesquisadores do banco americano Goldman Sachs. Os países emergentes foram relacionados de acordo com um estudo sobre as estimativas de evolução dos mercados, produção e demografia na ordem econômica global.

A estimativa é que nas próximas décadas, Brasil, Rússia, Índia, África do Sul e China alcancem liderança no ranking das maiores economias do mundo. Esse avanço das nações emergentes também deve ampliar a classe média em todos os países que fazem parte dos Brics, fato que refletirá positivamente no crescimento do mercado consumidor global.

O Brasil é um dos países emergentes mais importantes, mesmo passando pela atual crise econômica. A nação é considerada estratégica para a ampliação do intercâmbio entre os Brics e vem reforçando anualmente sua posição de fornecedor de bens, alimentos e matérias-primas para o mercado mundial.

Somente nos últimos anos, as exportações brasileiras no agronegócio, por exemplo, cresceram cerca de 450% nas negociações com a China, beneficiando principalmente os produtores brasileiros de soja e carne.

Leia também! Assuntos relevantes