Ariano Suassuna

Por

Ariano Suassuna foi um importante escritor brasileiro, defensor da identidade cultural do nordeste e grande fã do frevo e do carnaval do Recife e de Olinda. O escritor ficou conhecido no Brasil graças às adaptações de suas obras para a televisão e para o cinema, como o filme "O Auto da Compadecida", baseado em sua obra prima.

Ariano Suassuna escrevia muito sobre o folclore nordestino. O poeta, romancista, ensaísta, dramaturgo, professor e advogado era também membro da Academia Brasileira de Letras, onde ocupava a cadeira de número 32. Em 1993, Suassuna também foi eleito para a cadeira nº 18 da Academia Pernambucana de Letras.

Ariano Suassuna nasceu na cidade de Nossa Senhora das Neves, hoje chamada de João Pessoa, capital da Paraíba, em 16 de junho de 1927. Ele era filho de João Suassuna, ex-governador do Estado, e de Rita de Cássia Villar.

Durante a infância e a adolescência, Suassuna viveu em Taperoá, no interior do estado, onde iniciou seus estudos. Em 1938, mudou-se com a família para a cidade do Recife, em Pernambuco.

Suassuna estudou no Colégio Americano Batista, no Ginásio Pernambucano e, mais tarde, entrou para a Faculdade de Direito. Em 1947, ele escreveu sua primeira peça de teatro, "Uma Mulher Vestida de Sol".

Em 1950, depois de concluir o curso de Direito, Ariano Suassuna trabalhou com advocacia e teatro. Em 1955, escreveu a comédia "O Auto da Compadecida". A partir daí, não parou mais de escrever.

Em 1956, Suassuna passou a dar aulas de Estética na Universidade Federal de Pernambuco. Em seu trabalho, o escritor valorizou a cultura do Nordeste brasileiro, como a literatura de cordel, a música, a dança e o teatro.

Outras obras importantes da vida de Ariano Suassuna foram: Romance d'a Pedra do Reino, Príncipe do Sangue que Vai-e-Volta, História d'o Rei Degolado nas Caatingas do Sertão: ao Sol da Onça Caetana, O Castigo da Soberba, O Santo e a Porca, entre outros. Na política, Suassuna atuou como Secretário de Cultura no governo de Eduardo Campos.

Ariano Suassuna faleceu no dia 23 de julho de 2014, aos 87 anos, no Recife, vítima de complicações de um AVC hemorrágico.

Leia também! Assuntos relevantes