Análise Orgânica Elementar

Análise Orgânica Elementar

Por

Análise Orgânica Elementar é uma área de estudo da química que consiste em analisar compostos para determinar se estes são orgânicos ou inorgânicos, e para verificar se eles se caracterizam como compostos orgânicos de combustão completa, compostos de combustão incompleta ou compostos que necessitam de agentes oxidantes.

A Análise Orgânica Elementar ainda nos dá informações importantes sobre as transformações dos compostos e determina a presença de certos elementos, como o carbono, o hidrogênio, entre outros...

Para esse tipo de análise, existem procedimentos específicos, como o teste da inflamabilidade e a transformação ou destruição de compostos orgânicos em compostos inorgânicos. Vale ressaltar que os compostos orgânicos são geralmente combustíveis e os inorgânicos incombustíveis.

Conheça algumas transformações de elementos químicos que podemos avaliar em Análise Orgânica:

Hidrogênio se transforma em água (H2O);

Nitrogênio se transforma em gás nitrogênio (N2) e amônia (NH3);

Enxofre se transforma em sulfetos ou sulfatos (SO4).

Exemplo de análise orgânica elementar: experiência para determinar a presença de Carbono (C)

Coloque uma pequena amostra de álcool (3 ml) num recipiente de porcelana. Em seguinda, molhe as paredes internas de um funil de vidro com água de barita. Inflame a amostra e coloque o funil sobre o recipiente de álcool, sem tampá-lo completamente. Aguarde 20 segundos e você verá o desprendimento de CO2.

Leia também! Assuntos relevantes