Alquimia

Por

Alquimia significa combinar diferentes elementos, mas este conceito também é estudado com outros significados dentro da astrologia, da filosofia, da metalurgia, da medicina, da religiosidade, entre outras áreas.

Voltando a atenção para o lado mais místico do termo, a alquimia estaria relacionada à transmutação de metais comuns em ouro e à obtenção do chamado Elixir da Vida, uma substância que seria capaz de prolongar a vida de quem a bebesse. Estes dois significados também teriam ligação com a Pedra Filosofal, um elemento místico e fantástico.

A alquimia foi, durante muito tempo, a base para o desenvolvimento dos conhecimentos que o homem possui hoje sobre a química. Essa prática era comum na Mesopotâmia, no Egito Antigo, na China, na Europa, entre outras regiões.


O conceito de alquimia

Para alguns estudiosos deste conceito, a alquimia teria um importante lado simbólico e espiritual. Um dos alquimistas mais conhecidos de todos os tempos foi Nicolas Flamel. Ele escreveu o “Livro das Figuras Hieroglíficas”, no qual fala sobre metáforas envolvendo metais e também sobre o Elixir da Vida.

Em resumo, podemos dizer que a alquimia é uma prática ancestral, desenvolvida desde a Era Medieval, envolvendo conceitos de química, física, astrologia, metalurgia e medicina. Esta é uma prática mística e, ao mesmo tempo, religiosa, que fala sobre a cura para todos os males e a busca pela vida eterna. Isso tudo envolve um verdadeiro processo de purificação espiritual do homem e a observação profunda e atenta da natureza e de seus elementos.

É importante deixar claro que a alquimia não é considerada uma ciência, apesar de ter conhecimento científico envolvido em sua base de estudo. Atualmente, a alquimia é entendida entre diversos grupos como uma visão espiritual da química e também da medicina.

Leia também! Assuntos relevantes