Alerta de Radiação

Alerta de Radiação

Por

A sociedade contemporânea vive sob uma constante ameaça invisível: a radiação. Estamos cercados por torres de celular, torres de transmissão de TV e Rádio FM, aparelhos eletrônicos e tantas outras fontes de radiações. Um dos principais destaques nessa forte emissão de radiação é o aparelho celular, tão presente e essencial na vida da maioria das pessoas.

As torres de radiofrequência estão espalhadas por praticamente todas as cidades brasileiras e pelas grandes cidades do mundo. Além de interferirem diretamente no espaço urbano, essas estruturas causam efeitos negativos à saúde dos homens. Os níveis de radiação e os cuidados necessários para evitar prejuízos à população devem estar determinados por lei em cada nação.

Alguns estudos recentes demonstraram os efeitos da radiação no corpo humano, além de definirem os níveis seguros dessa radiofrequência em torres e aparelhos celulares. Uma portaria da Anatel determina que o Brasil adote os mesmos limites de radiação que estão em vigor na Europa, mas os níveis realmente seguros ainda não foram determinados.

Pesquisadores acreditam que seja possível suportar uma radiação entre 9 e 40 volts/metro, sem grandes prejuízos à saúde, mas vale ressaltar mais uma vez que os limites não são totalmente confiáveis. Por causa dos perigos da radiação, o Brasil tem acompanhado um aumento significativo de ações trabalhistas por causa de problemas de saúde provocados pelo contato prolongado com radiação.

Além de doenças como o câncer, as fontes de radiação também podem levar à impotência sexual e outras sequelas. Uma dica de especialistas para evitar os efeitos negativos da radiação é utilizar o celular por, no máximo, seis minutos, a cada ligação. Este seria o tempo adequado para que o organismo pudesse ficar exposto à radiação.

Por conta dos riscos oferecidos pelas fontes de radiação, as torres de transmissão e telefonia precisam estar a uma distância mínima segura de residências, escolas e hospitais. Outras orientações importantes para a prevenção contra os efeitos da radiação são: não deixar bebês e crianças em contato com os celulares, utilizar o telefone fixo sempre que possível e investir em aparelhos celulares digitais, e não nos analógicos.

A exposição excessiva à radiação pode trazer sintomas como náuseas, dor de cabeça, problemas de visão, entre outros. Em caso de problemas de saúde, consulte um neurologista.

Leia também! Assuntos relevantes