Albinismo

Por

Ausência do pigmento responsável pela cor normal da pele, dos cabelos e dos olhos, sendo herdada geneticamente, podendo ser parcial ou total, isto é, localizada ou generalizada. Nos humanos, o pigmento responsável ela coloração da pele, cabelos e olhos trata-se da melanina. A ausência desta caracteriza o albinismo. A coloração rosada da pele dos indivíduos albinos se dá pela semi-transparência da pele, por onde pode ser enxergada a circulação sanguínea.

Albinismo (Albino Muskrat, por Exemplo)


Através da genética dos seres são transmitidas, entre outras características, a cor da pele ou da pelagem e a cor dos olhos. Alguns animais portam em seus códigos genéticos características incomuns em relação aos animais restantes de sua espécie. Entre as características hereditárias citadas acima, dois tipos principais de anomalia podem ocorrer: a superabundância ou a deficiência de pigmentação. Tais anomalias são, respectivamente, chamadas melanismo (excesso de melanina, agente responsável pela pigmentação da pele, dos olhos e dos pelos) e albinismo (deficiência de melanina). A característica principal dos animais melânicos é a coloração predominantemente preta do pelame, dos olhos e da pele. Já os albinos, possuindo deficiência marcante de pigmentação, apresentam o pelame totalmente branco, assim como os olhos e a pele rosadas. O motivo da cor rosada ocorre por consequência da grande ausência de pigmentação da pele, através da qual a coloração avermelhada do sangue chega a ser visível.


Albino


Indivíduo que, por herança genética, sofre da ausência de melanina, substância responsável pela pigmentação da pele, olhos e cabelos. Os albinos se caracterizam por seus cabelos, totalmente brancos, além da pele, que se apresenta rosada por decorrência da visibilidade parcial da circulação sanguínea através da semi-transparência da pele.


Albumina


Proteína presente tanto em alguns tecidos animais como em alguns tecidos de origem vegetal. A albumina possui propriedades como a solubilidade em água e a coagulabilidade sob altas temperaturas.

A albumina é de grande importância para o corpo humano. A manutenção do adequado volume do plasma sanguíneo é uma das funções do chamado soro albumina. A albumina é liberada na corrente sanguínea pelo fígado. Chama-se cirrose a doença do fígado caracterizada pelo sintoma da incapacidade de produção de albumina por este órgão.

Leia também! Assuntos relevantes