O adjunto adverbial é um termo da oração que modifica o verbo. Ele pode apresentar uma ideia de tempo, lugar, modo, causa, finalidade, entre outras. É um termo que expressa uma circunstância.

Na prática, o adjunto adverbial sempre irá conferir um sentido ao verbo, ao adjetivo ou ao advérbio. O adjunto adverbial é classificado como um termo acessório da oração. Ele se apresenta apenas para modificar um verbo, um adjetivo ou um advérbio.

Como termo acessório, o adjunto adverbial pode ser removido da frase sem causar prejuízos ao seu entendimento, ou seja, não é um termo importante para a compreensão da mensagem final. Contudo, ele pode ser importante para reforçar a ideia que está sendo transmitida.

De acordo com os estudos da análise sintática, o adjunto adverbial pode ser representado por um advérbio, uma locução adverbial ou uma oração subordinada adverbial.

Confira exemplos de adjuntos adverbiais

O homem nadou muito.

Adjunto adverbial: muito

A comida é muito saborosa.

Adjunto adverbial: muito

A professora deixou a sala rapidamente.

Adjunto adverbial: rapidamente

Note que em todos os exemplos, o adjunto adverbial garantiu um sentido ao verbo, incluindo e reforçando uma informação.


Classificação dos adjuntos adverbiais

Os adjuntos adverbiais podem ser:

Adjunto adverbial de intensidade: muito, pouco, menos, demais, mais, bastante, entre outros.

Adjunto adverbial de afirmação: sim, claro que sim, com certeza, sem dúvida, realmente, entre outros.

Adjunto adverbial de causa: porque, pois, por causa de, entre outros.

Adjunto adverbial de lugar: aqui, ali, lá, abaixo, acima, ao lado, entre outros.

Adjunto adverbial de tempo: hoje, amanhã, durante, ontem, ainda, cedo, tarde, agora, entre outros.

Adjunto adverbial de concessão: todavia, contudo, apesar disso, ainda que, entre outros.

Adjunto adverbial de companhia: junto de, junto com, com, na companhia de, entre outros.

Adjunto adverbial de dúvida: talvez, quiçá, provavelmente, quem sabe, entre outros.

Adjunto adverbial de negação: não, jamais, em hipótese alguma, nunca, entre outros.

Existem ainda os adjuntos adverbiais de instrumento, de meio, de modo, de condição, de finalidade, de assunto, de direção, de exclusão, de frequência, de matéria e de conformidade. Para definir o tipo de adjunto adverbial em cada frase, é preciso, muitas vezes, analisar e interpretar o contexto.

Leia também! Assuntos relevantes