Acidentes com Usinas Nucleares


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


Acidentes com Usinas Nucleares

Os acidentes como o de Chernobyl que chocaram o mundo e pôs em dúvida a energia nuclear como fonte segura.

Na manhã de 26 de abril de 1986, como resultado de uma série de falhas de engenharia e controle, ocorreu um superaquecimento do reator número 4 da Usina Nuclear de Chernobyl, próximo à cidade de Kiev, na Ucrânia (ex-URSS). O superaquecimento provocou uma explosão que deslocou a tampa do reator, de duas mil toneladas, lançando na atmosfera uma nuvem contendo isótopos radioativos. Tal nuvem subiu até cerca de 5 km de altitude e se alastrou por vários países da Europa, sendo detectada a muitos quilometros de distância. Esse foi o mais grave acidente nuclear da história.

Muitos dos operários e bombeiros que tentaram apagar o incêndio nas instalações morreram pouco depois, por terem sido expostos à radiação. O fogo só foi controlado quando helicópteros jogaram cinco mil toneladas de areia no topo do reator. Controlado o perigo mais imediato, veículos-robôs foram usados na tentativa de limpar a usina e eliminar os resíduos radioativos. Esses robôs apresentaram falhas de funcionamento, provavelmente devido aos altos níveis de radiação no local. Finalmente, homens foram enviados para fazer tal limpeza (muitos deles também morreram). Mais de 115 mil pessoas foram evacuadas das regiões vizinhas.


Ucrânia e Bielorrússia (atual Belarus) enfrentam problemas a longo prazo. Muitos dos seus habitantes não podem beber água do local ou ingerir vegetais, carne e leite ali produzidos. Cerca de 20% do solo agricultável e 15% das florestas de Belarus não poderão ser ocupados por mais de um século devido aos altos índices de radioatividade.


Especialistas estimam que oito mil ucranianos já morreram como conseqüência da tragédia. Há previsões de que até dezessete mil pessoas poderão morrer de câncer nos próximos setenta anos devido à radiação espalhada no acidente.


Fonte:
http://www.sociedadenewtoniana.kit.net/socnewtoniana/textonuclear.htm





Saiba mais

Buscas relacionadas a Acidentes com Usinas Nucleares em Fatos Gerais.


[ Pesquisa escolar lida 16774 Vezes - Categoria: Fatos Gerais ]


Leia também! Assuntos relevantes.

Efeitos Biológicos da Radiação
As radiações, quando em quantidades elevadas, são perigosas aos seres vivos, sendo nocivas aos tecidos, destruindo-os. Por outro lado, quando conv...
Lido: 42457 Vezes

Radiação Alfa
Os raios Alfa tem uma carga elétrica positiva. Consistem em dois prótons e dois nêutrons, e são idênticos aos núcleos dos átomos de hélio. Os raio...
Lido: 17315 Vezes

Acidente Nuclear de Chernobyl
O total oficial de mortos em virtude da radiação emitida pelo acidente no reator quatro da usina de Chernobyl, em 26 de abril de 1986 na Ucrânia, foi ...
Lido: 27146 Vezes

A Irradiação da Guerra Fria
Logo a seguir ao termo da Segunda Guerra Mundial iniciou-se a “guerra fria” e a formação de dois blocos político-militares antagónicos: a OTAN e o Pac...
Lido: 42135 Vezes

Tipos de Radiação
Temos três tipos de radiação: a alfa, a beta e a gama, que foram identificadas respectivamente por Becquerel, Ernest Rutherford e Marie e Pierre Curie...
Lido: 4884 Vezes

Efeitos Elétricos da Radiação
As radiações ionizam o ar atmosférico ou os gases, tornando-os condutores de eletricidade. Esta propriedade é utilizada na fabricação dos aparelho...
Lido: 13185 Vezes

Alerta de Radiação
Torres de celular, de TV e FM provocam radiações perigosas Com a grande demanda por celular, cresce o número de torres de radiofreqüência nas cidades...
Lido: 17185 Vezes

O Que é a Radiação UV
O Que é a Radiação UV? A radiação ultravioleta é uma parte sui-generis do espectro solar, e pode ser separada em tres partes: a radiação UV-A, que se...
Lido: 9332 Vezes

Efeitos Químicos da Radiação
Estudos com radioisótopos têm sido de grande importância para se estabelecer mecanismos de reações nos organismos vivos. Por exemplo, o cientista ...
Lido: 20463 Vezes

Radiação Gama
Raios Gama Os raios gama não tem carga elétrica. São semelhantes ao raio x, mas normalmente tem um comprimento de onda mais curto. Esses raios...
Lido: 13346 Vezes

Sugestão de Busca Escolar

Sites

Encceja
Enem
SISU
Prouni
FIES
Relacionamento

Fale Conosco
Feed / RSS

Comunidade no Google +
Comunidade no Twitter


Novidades no seu e-mail

Estudantes Online
Sobre o Grupo Escolar

GrupoEscolar.com - Todos direitos reservados

Todo o conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado pelos estudantes.

Caso algum conteúdo infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos o mesmo.

As opiniões expressas nos textos são de responsabilidade dos seus autores.

Somos apenas um veículo de comunicação e não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.