A Terceira Revolução Industrial

A Terceira Revolução Industrial

Por

A Terceira Revolução Industrial, também chamada de Revolução Técnico-Científica-Informacional, começou a partir do grande avanço das novas tecnologias no mundo. Essa revolução mantém o capitalismo como o sistema econômico dominante no planeta.

Essa nova revolução industrial pode ser compreendida como um processo gradativo, com uma dinâmica própria de modificação dos sistemas produtivos. Com os avanços tecnológicos e a produção de aparelhos e equipamentos cada vez mais inovadores, a III Revolução Industrial ganha força.

A Revolução Técnico-Científica-Informacional começou no século XX com os avanços da informática e seus impactos nos meios de produção e de consumo. Essa revolução também está sendo marcada por descobertas nas áreas de biotecnologia, exploração espacial, genética e robótica.

A ciência, a tecnologia e a pesquisa de ponta aparecem como fatores de extrema relevância dentro do contexto da nova revolução industrial. Os padrões de comportamento dos seres humanos também mudaram radicalmente, principalmente com a chegada das redes sociais, dos smartphones e dos aplicativos móveis. Há quem diga que estamos vivendo a “era da solidão tecnológica”.

As descobertas científicas acontecem rapidamente, novos produtos e tecnologias chegam ao mercado a todo instante, as inovações não param e o consumo também não. A Revolução Industrial Moderna tem gerado muito resíduo eletrônico e lixo para o planeta.

Nos quesitos econômico e social, essa revolução trouxe a economia de mercado, a ampla globalização e o desenvolvimento dos meios de comunicação e transportes. A III Revolução Industrial traz avanços rápidos na Ciência e Tecnologia, favorece a criação de empresas globais e consolida o sistema capitalista no mundo.

Outro efeito direto dessa revolução é a mudança nas formas de trabalho. Hoje, existem pessoas trabalhando no sistema home office, pela internet, prestando serviços de qualquer lugar do mundo. Estamos vivendo uma era de nômades digitais, flexibilização do trabalho e terceirização.

Leia também! Assuntos relevantes