A Importância da Brincadeira


 Compartilhar no facebook
 Compartilhar no twitter


A Importância da Brincadeira

Por Cledir Rocha Pereira

A brincadeira não se cria de uma hora para a outra, ela se transforma. Todas as brincadeiras há claramente um desafia - a conquista de uma princesa, a busca de um tesouro - e os jogadores vão munidos de algumas coisas mágicas. Essa conquista referida, esses elementos do tradicional, dos contos maravilhosos permanecem nas mais atuais brincadeiras.

Antigamente, as brincadeiras tinham um narrador onde através de uma reunião, de uma roda a historia era contata. Se pensarmos no hoje, a posição do narrador ainda permanece em muitas brincadeiras novas ou reestruturadas, ou seja, é colocada uma coisa antiga na brincadeira nova. São coisas diferentes que são inovadores diga-se de passagem, mas que buscam no antigo alguns fragmentos.

Vale destacar que o novo e o velho não são antagônicos, não são inimigos. Não precisamos escolher o antigo ou o novo. O desafio é a construção de algo que seja inovador e que traga junto uma historia, a historia da humanidade.

A brincadeira resgata incalculáveis narrativas. Alguém que se propõe a contar uma historia, uma lenda, um conto de fadas, revelando assim, que o brincar não trabalha com uma única linguagem. Assim a brincadeira passa a ser uma atividade que conjuga muitas linguagens e o desafio, inclusive, é criar linguagens novas. Novas maneiras de expressão. Quando a gente brinca, a gente canta, escreve, trocamos idéias e usamos imagens. Mas então o que esta em jogo?

Está em jogo a forma de expressão, onde o sujeito se coloca como produtor de linguagem, produtor de cultura, contador de historias ... que o brincante não seja alguém passivo, mas que pertença a historicidade da brincadeira.

Hoje, uma das provocações a ser refletido por nossa sociedade é que brincar não é coisa de criança, não é uma atividade de propriedade e exclusividade das crianças. É possível sim, que nós adultos se desloque da administração e do gerenciamento as brincadeiras infantis  jogos e vozes  e permitimo-nos a brincar. Então, vamos voltar a pureza das relações humanas através das brincadeiras?


Cledir Rocha Pereira,
Licenciado em Pedagogia com Habilitação em Supervisão Escolar
e Matérias Pedagógicas do Ensino Médio, pela
Universidade Luterana do Brasil, Canoas/RS



Fonte:
http://cledir.hpg.ig.com.br/artigos/a_importancia_da_brincadeira.doc




Leia também! Assuntos relevantes.

A escola que eu queria para meu filho
Para não cair no discurso gelado do técnico, ou na inflamação vazia do ufanismo pedagógico resolvi, por dois motivos, partilhar desta oportunidade de ...

Sucesso na Educação
Por Cledir Rocha Pereira. Atender e sanar dificuldades de aprendizagem é essencial na educação e em conjunto com a família, essa ação tem ainda mais ...

Brincadeiras da Região Sudeste
As brincadeiras regionais tornam a infância mais gostosa e lúdica. Essas brincadeiras devem ser resgatadas e incentivadas por pais e professores. Con...

História da Educação
INTRODUÇÃO: Será analisado neste trabalho, os principais períodos da educação: com ínicio, o período jesuítico até os nossos dias. Abordaremos ain...

Escola e Democracia
RESUMO DO LIVRO: ESCOLA E DEMOCRACIA Savianni, analisa em seu livro “Escola e Democracia” a situação da educação, as “teorias não críticas” e as dife...

Uma concepção de informática na educação
Professores e Máquinas: Uma Concepção de Informática na Educação Paulo Gileno Cysneiros Resumo Apresenta um modelo em construção, multidisciplinar,...

Escola: relações e sentimentos
Mesmo estando no século XXI, ainda não conseguimos apaziguar um desafio: construir uma escola sem exclusão, com respeito aos direitos humanos. Uma esc...

História da Educação Física no Brasil
A educação física é uma displina aplicada na educação brasileira para a recreação, o desenvolvimento motor e o engajamento dos estudantes no mundo esp...

Educação Nutricional Infantil
A educação nutricional infantil é extremamente importante para a formação de crianças saudáveis e com bons hábitos alimentares. Essa educação deve ser...

Educação e novas tecnologias: Um repensar
A tecnologia na escola: Novo saber, para poder intervir. A tecnologia entrou na educação como algo revolucionário, desejado por muitos e temido por ...

Fale Conosco | Feed / RSS | Google + | Twitter |

Novos assuntos sobre educação no seu e-mail

Site destinado a educação, estudos, informação e pesquisa escolar. Não incentivamos a prática de trabalhos escolares prontos.

Somos um veículo de comunicação. Não compactuamos com nenhuma opinião sobre nenhum tema.

Cópia ou reprodução de conteúdo somente se citada a fonte.

© 2016 - Grupo Escolar - Todos direitos reservados