A Doutrina Truman

A Doutrina Truman

Por

A Doutrina Truman foi uma política externa praticada durante o governo Truman, com o intuito de direcionar os países capitalistas no pré-Guerra Fria. O objetivo dessa política era evitar a expansão do socialismo no mundo.

Essa política surgiu em um cenário de fim da Segunda Guerra Mundial, quando a Europa estava bastante enfraquecida nos quesitos políticos e econômicos. Com o surgimento da União Soviética como uma potência mundial, houve a necessidade de fortalecer o capitalismo em nações frágeis e que poderiam se render ao socialismo.

Neste período, os Estados Unidos defendiam o capitalismo, e a União Soviética representava o socialismo. Obviamente, cada uma das nações tentava ampliar seus números de aliados entre a comunidade internacional.


Objetivos da União Soviética e dos Estados Unidos

No contexto histórico da Doutrina Truman, a União Soviética desejava expandir o socialismo no leste europeu. Para evitar essa expansão dos soviéticos, o britânico Winston Churchill passou a incentivar os capitalistas a formularem estratégias para fortalecer o capitalismo.

Com isso, os Estados Unidos, por intermédio do presidente Harry Truman, passaram a combater o socialismo com políticas. A ideia era justamente conter o avanço do comunismo com a oferta de ajuda aos países que passavam por problemas econômicos e políticos.

No dia 12 de março de 1947, diante do Congresso Nacional, Truman lançou oficialmente a chamada Doutrina Truman, pela qual os Estados Unidos começaram a interferir nos conflitos que tivessem relação com a polaridade entre capitalismo e socialismo. Um exemplo desses conflitos foi a Guerra da Coréia.

Uma segunda política dentro dos objetivos da Doutrina Truman foi o Plano Marshall, que garantia auxílio aos países com economia frágil. Grécia e Turquia foram países beneficiados com empréstimos vindos dos Estados Unidos. A única condição para essa ajuda financeira era que os países implantassem políticas capitalistas que favorecessem as nações ocidentais.

Além da ajuda financeira, os Estados Unidos também ofereciam apoio militar para os países que se declaravam aliados. Essa condição estimulou ainda mais o desenvolvimento de uma Guerra Fria.


Como tudo começou?

Os Estados Unidos consolidaram a Doutrina Truman em 12 de março de 1947. De certa forma, esse posicionamento norte-americano foi o início da Guerra Fria, que acirrou as disputas entre capitalistas e socialistas. A clara oposição aos soviéticos deu o tom de um conflito silencioso entre os países dos dois blocos.

Leia também! Assuntos relevantes